Image //softwaredecalibracao.com.br/app/uploads/2019/12/3-passos-para-ter-calculos-de-calibracao-mais-confiaveis.jpg

3 passos para ter cálculos de calibração confiáveis

Autor: Categoria: Laboratório
Postado em:

Imprimir artigo
Os profissionais que trabalham com metrologia estão acostumados a lidar com fórmulas matemáticas um tanto complexas, pois é por meio delas que algumas atividades de laboratório são executadas.

No artigo de hoje, falarei sobre três passos que você pode seguir para que suas fórmulas sejam confiáveis e seu processo de calibração seja mais ágil e preciso. Mas, antes de ir para os três passos, vamos falar um pouquinho sobre o que são os resultados de calibração.

Resultados de calibração

Todos sabemos que os resultados de uma calibração são obtidos por meio de cálculos feitos a partir das medidas e comparações feitas com o instrumento. Erro e incerteza são os exemplos de resultados mais conhecidos no meio metrológico.

Depois do processo de calibração realizado, resultados como esses são expressos no certificado de calibração para que, assim, sejam entregues ao cliente. Esse certificado é um documento conferido e assinado pelo laboratório para garantir a integridade das informações.

É de extrema importância que, no momento em que os dados são processados e a fórmula executada, o processo seja seguro. Isso gera mais confiança nos resultados apresentados pelo laboratório e também para seus clientes.

Mas como garantir que meus cálculos são confiáveis?

As fórmulas matemáticas são seguras: aplicando-se a mesma fórmula com as mesmas variáveis, você sempre obterá o mesmo resultado. Porém existem interferências externas que podem interferir nesse processo.

Veremos abaixo 3 dicas para que seus cálculos gerem mais confiança para os cálculos de calibração do seu laboratório.

1 – Evite ao máximo processos de cálculo manuais

Humanos erram. Diante disso, quanto menos processos manuais seus cálculos tiverem, mais seguro eles serão.

Mesmo não sendo o ideal, alguns laboratórios utilizam planilhas para realizar seus cálculos de calibração. Isso deixa o processo um pouco mais automatizado. Porém, nem todos os técnicos possuem conhecimento em Excel para realizar modificações nas planilhas (quando necessário) e, assim, executam cálculos ou parte dos cálculos de forma manual.

Invista em um processo automatizado em que não precise realizar cálculos manuais!

Além de aumentar a confiabilidade dos cálculos, você diminui o tempo de conferência dos resultados, uma vez que terá segurança de que os resultados estão corretos. Dessa forma, você agiliza o processo de calibração, garantindo que seus técnicos farão mais em menos tempo!

2 – Tenha pessoas autorizadas para revisar os cálculos

É muito comum que todos os técnicos do laboratório possuam acesso aos cálculos de calibração, afinal, são eles quem executam os processos. Porém, a segunda dica é que você tenha pessoas autorizadas a realizar possíveis revisões no cálculo. E que somente elas o façam!

Muitas pessoas envolvidas em uma revisão de cálculo podem acabar realizando alterações desnecessárias ou, até mesmo, alterar algo nos cálculos sem querer. Isso pode ocasionar erros e problemas com os resultados da calibração.

3 – Invista em um software de calibração

Como eu disse, alguns laboratórios utilizam planilhas em seu processo metrológico, mas para seguir os passos 1 e 2 de forma realmente eficaz e tornar seus cálculos mais confiáveis, invista em um software de calibração. Assim, você terá o processo todo controlado, automatizado e 100% a prova de erros humanos.

Falando em erros humanos, com um software você consegue automatizar as leituras no mensurando, que são feitas, normalmente, pelos técnicos de calibração de forma manual. Sistemas são integrados aos equipamentos, e com um simples comando em pedal ou botão, você envia as informações do instrumento para o computador.

O MyLogical (nosso software de calibração), por exemplo, possui a integração com equipamentos para leituras manuais, baseado em controle de permissões dos usuários, garantindo que apenas quem realmente precisa (e está autorizado) irá acessar suas fórmulas de calibração. O que confere maior confiança ao processo como um todo.

Além disso, todos os cálculos de calibração são programados dentro do software de acordo com o tipo de instrumento (procedimento) a se realizar. Os cálculos também rodam automaticamente a cada calibração. Dessa forma, os técnicos não precisam interferir na fórmula de maneira manual em nenhum momento durante a calibração.

Metrologia e tecnologia

Nos dias de hoje, tudo está evoluindo muito rápido. E os processos metrológicos não podem ficar para trás. Processos que antes levavam horas feitos em papéis, como a calibração de um único termômetro, hoje podem ser feitos vários ao mesmo tempo e eliminando os papéis com a ajuda de um processo automatizado.

Assim, o tempo antes gastos em processos manuais agora pode ser convertido em atividades de melhoria de processos e, principalmente, de acompanhamento dos clientes, garantindo assim a satisfação deles e aumentando os seus resultados!

Se quiser conhecer o MyLogical, clique no botão abaixo: