Image //softwaredecalibracao.com.br/app/uploads/2018/06/iso-170252017-6-requisitos-de-recursos.png

ISO 17025:2017 – 6 Requisitos de recursos

Autor: Categoria: Laboratório 3 comentários

Imprimir artigo
Se você é gestor ou supervisor de um laboratório de metrologia e não entendeu muito bem o item 6 – Requisitos de recursos da ISO 17025:2017, não se preocupe. Hoje vou dar uma visão geral sobre esse item e futuramente (nos próximos artigos) irei aprofundar em cada um dos requisitos, beleza?

Você não precisa da ISO 17025:2017 para trabalhar nos requisitos de recursos

Os requisitos de recurso trazidos no item 6 da nova versão da ISO 17025 não são coisas de outro mundo, são recursos básicos que fazem parte do dia a dia de todo laboratório de metrologia. Então, você provavelmente já deve ter pensado neles em algum momento, antes mesmo de conhecer a norma, pois são coisas simples que ajudam a organizar melhor sua empresa e seu sistema de gestão.

6.2 – Pessoal

O item 6.2 trata dos requisitos relacionados às pessoas que trabalham no laboratório. Atendendo a esse item da norma, você vai pensar um pouco sobre o seu processo de contratação de pessoas, os requisitos de cada função dentro do laboratório, as formas que você usa para avaliar a competência técnica do pessoal e ofertar treinamentos, entre outras atividades relacionadas à gestão de pessoas.

Essa reflexão vai te ajudar a te compreender o cenário atual da sua equipe e saber no que você precisa trabalhar para garantir a evolução das pessoas.

6.3 – Instalação e condições ambientais

No local onde as atividades de laboratório (calibrações, ensaios e amostragens) são realizadas, é necessário estar atento a interferências externas ao processo, como a temperatura, umidade, poeira, som, vibração, entre outros.

Não prestar atenção nessas condições do ambiente no momento da calibração torna os resultados menos confiáveis, pois muitos equipamentos apresentam variações de acordo com as condições a que estão expostos.

Por isso, o item 6.3 da norma dos requistos de instalações internas e externas ao laboratório e as condições ambientais nos locais em que as atividades são executadas.

6.4 – Equipamentos

O item 6.4 da nova versão da ISO 17025 trata sobre os procedimentos que envolvem o manuseio e as condições dos equipamentos. A pergunta que você tem que fazer é: como você garante que sua equipe tem os recursos necessários para realizar as atividades de laboratório?

Você tem que analisar se o seu laboratório dispõe de todos os recursos necessários para realizar os serviços do escopo, sejam padrões de referência, aparelhos auxiliares, instrumentos de medição, conhecimento, equipe, e, até mesmo, software de gestão.

E se você prestar atenção, vai ver que essa parte da norma se refere a periodicidade de calibração dos seus padrões, análise crítica de certificados, manuais de manuseio de equipamentos, entre outros.

6.5 – Rastreabilidade metrológica

A rastreabilidade é o que garante que os resultados metrológicos gerados por seu laboratório são confiáveis e aceitos mundialmente. Essa rastreabilidade é apresentada de várias maneiras e vai desde a descrição dos equipamentos de apoio utilizados no processo até a conversão dos valores para o SI (Sistema Internacional de Unidades).

Além de garantir que os seus resultados são válidos, confiáveis e internacionais, a rastreabilidade também é muito importante para gerar confiança em seus clientes, pois você dará clareza sobre o serviço que você prestou.

6.6 – Produto e serviço provido externamente

Como o próprio nome da diz, esse item (6.6) da norma trata dos produtos e serviços externos. Isso se refere tanto aos produtos e serviços destinados ao laboratório, como a compra de um novo padrão, por exemplo, quanto às atividades que vão para o cliente, como a terceirização de um serviço de calibração.

Preocupar-se com os serviços tomados de terceiros reflete, também, na satisfação do seu cliente, pois um fornecedor externo que não está alinhado com o seu nível de qualidade, pode prejudicar seu relacionamento com seu cliente.

Então, você vai precisar avaliar esses fornecedores, e para isso precisa definir os critérios de avaliação, seleção, monitoramento de desempenho e reavaliação de todos esses fornecedores externos.

Os requisitos de recursos têm tudo a ver com a qualidade do laboratório

Agora que você já teve uma visão geral de todos os requisitos de recursos, viu que são todos muito úteis e importantes para o seu laboratório. Eles te fazem pensar em coisas que parecem muito básicas, mas que na verdade impactam diretamente na qualidade dos serviços que você executa e, consequentemente, na satisfação dos clientes.

Pensar um pouco sobre esses itens vai fazer com que você engrene em um caminho de melhoria nos processos e vai aumentar cada vez mais a qualidade dos seus serviços.

 

A partir desse post, vou fazer uma série de textos para falar sobre cada um desses itens. Até lá!